Cubo Mágico

aqui tinha artes, teatro, cultura digital e crônicas contemporâneas

Archive for the ‘Grana’ Category

Sobre não ter filhos e os conselhos de estrupícios

with 2 comments

Eu não penso em ter filhos. Não considero a possibilidade. Desconsidero a possibilidade.

Quando admiti isso pela primeira vez, me senti um maldito egoísta que não gostaria de dividir sua grana com um rebento e que pretendia contribuir para a evolução do do mundo de outra forma, com textos e cenas, por exemplo. Com o tempo, vi que, se não toda a geração, muitas pessoas próximas também pensavam assim. E passei a não ter vergonha de divulgar (ou assumir a opinião) mesmo diante dos mais reaças da família.

Hoje, li no blog do Alex Castro que ele também está nessa. Ele teorizou sobre o assunto, num texto delicioso de tão engraçado e epifânico de tão próximo da minha opinião (impossível deixar só nas Coisas lidas, ao lado). Dois trechos:

Finalmente, depois que falo tudo isso, sempre vem um estrupício, bate no meu ombro carinhosamente e diz, com o ar bonachão de uma cassandra que tudo sabe:

Pois guarde minhas palavras, Alexandre, você pode não querer agora mas daqui a pouco vai querer… Em dez anos, vou encontrá-lo cheio de filhos…

E eu, imperturbável, pergunto se ele tem vontade de comer merda.

Bem, continuo, bonachão e vaticínico, guarde minhas palavras, você pode não querer agora mas daqui a pouco vai querer… Em dez anos, vou encontrá-lo empanturrado de cocô…

(O mais chocante da história é que todo mundo acha o meu comentário grosseiro mas consideram o absurdo que tive que ouvir a coisa mais normal do mundo. Vai entender!)

Se você vê uma criança empolgada, correndo feliz, conhecendo o mundo, descobrindo o próprio corpo, perguntando sobre o universo, e se isso te incomoda, se isso não derrete seu coração, se tudo o que você quer é que ela se comporte como uma boneca e fique calada e sentadinha, então, meu amigo, não tente vender um carro usado pra mim.

Entretanto, ter filhos é difícil. É a maior responsabilidade que uma pessoa pode se dar. Vejo idiotas procriando como coelhos sem ter a menor idéia do que se trata, dos desafios envolvidos, da importância da tarefa.

Vocês me desculpem, mas eu acho que dá muito trabalho, muita despesa e, mais importante, suga a liberdade. Ter filhos é uma viagem sem volta. A vida toda é um tempo muito longo. Eu sou responsável demais pra aceitar uma incumbência que não sei se poderei manter. E a nossa vida, a longo prazo, a gente nunca sabe como vai ser.

Admiro quem tem filhos. Acho que são pessoas mais corajosas que eu. Agradeço pelos futuros leitores, vou precisar deles. Agradeço pelas futuras belas mulheres, que não vão nem olhar pra um velho como eu, mas vão embelezar o mundo. Mas estou fora, sinto muito.

Meu, se vc gostou, leia inteiro. Se discordou completamente, mesmo assim, pense bem: talvez seu filho não mereça vc como pai ou mãe.

Written by Lucas Pretti

agosto 3, 2008 at 21:06

Sobre ricos e famosos

leave a comment »

diana krall no villa-lobos

No último domingo, a cantora Diana Krall esteve em SP para show de graça do Parque Villa-Lobos. Cerca de 35 mil pessoas assistiram ao que a mídia chama de “diva do jazz”. Simpática, ela brincou com o calor (“para uma canadense, é difícil imaginar uma terra que, em dezembro, faz um sol desses”) e tirou sarro dos bonés verde-limão distribuídos pela patrocinadora oficial.

Eu fui, convidado pela Telefônica, a tal patrocinadora oficial. O evento se chama “Telefônica Open Jazz” (tem site aqui). Uma área atrás do palco protegia os ricos e famosos (e alguns nem um nem outro, como eu) do sol de rachar que atormentava o público (se você conhece alguém que foi, pode ter certeza de que voltou queimado). É dessa área que quero falar.

Como qualquer setor vip para convidados e imprensa, tinha comidinhas free, sorvetes de graça, bebidas (nada de álcool) e uma babação só. Os descolados do high-society estavam lá, a maioria de bermuda xadrez, all-star e bonezinho style (homens) e vestidinhos soltos, óculos enormes e sandalinhas mostrando a unha do pé pintada de cor escura (mulheres). Repórteres da Caras e etc circulavam, claro, já que farejam com facilidade a concentração de PIB.

Todos eram risinhos, mãozinha pra cá, cabelo para lá, abracinhos cínicos e um olhar de cima abaixo para cada um que se aproximava com o intuito de: 1) sacar a roupa e 2) sacar quem é o recheio da roupa (e como anda a forma desse recheio).

Olhando para aquela galera vip, fiquei imaginando a visão de mundo que o dinheiro não constrói nas pessoas. Elas não fazem idéia do que é um metrô lotado, ficar na rua depois de perder o último ônibus nem imaginam enfrentar o sol para ver Diana Krall. Se tirar o brunch, então, nem aparecem.

Por outro lado, como pais ricos devem educar os filhos? Resistir à tentação de proporcionar tudo de bom? O que será de pessoas como Sasha, Joaquim e Benício Huck, Lucas Jagger?

Não ser um rico/famoso tem lá suas vantagens, principalmente quando dá para escapar de vez em quando para uma área vip. Diz a máxima: jornalista almoça com ministro e volta de ônibus.

Written by Lucas Pretti

dezembro 4, 2007 at 0:49

Telecom etc.

leave a comment »

E então tudo acabou bem e nossos principais juízes decidiram que aquela taxa de R$ 38 que pagamos todo mês à toa para a Telefônica é “legal”. Cabe a nós respeitar a Justiça, mas também o mercado. Por isso andei cotando preços de internet, telefone, TV etc. para me livrar dos espanhóis. Descobri que ainda (tomara que ainda) não vale a pena.

Speedy Mega Light
+ linha fixa
$ 59 (é o que pago hoje)
+ $ 38 (assinatura “legal”)
= $ 97/mês

NET Vírtua 2 MB (sem linha fixa)
– Sem TV paga = $ 99/mês
– Com TV paga = $ 79/mês

Claro Internet 500 MB (sem linha fixa)
$ 39,95 (5 primeiros meses, depois passa para $ 79,90)
+ $ 100 (adaptador PCI para desktop)
= $ 139,95 no primeiro mês ($ 79,90/mês mais pra frente)

O custo benefício pende a favor da Telefônica. Se bem que ainda não cotei aquele plano da TIM que une celular e fixo no mesmo aparelho. Assim poderia contratar o Vírtua. Prometo novo post.

Written by Lucas Pretti

outubro 25, 2007 at 5:15

Publicado em Celular, Grana, Internet