Cubo Mágico

aqui tinha artes, teatro, cultura digital e crônicas contemporâneas

Pelo direito de não gargalhar de tudo

leave a comment »

Não adianta só colocar no Coisas Lidas aqui ao lado. O texto que Sergio Roveri publicou nesta semana é obrigatório por ser arrebatador. É arrebatador pela urgência, realismo, lucidez e pelas mãos atadas:

Pelo direito de não gargalhar de tudo

O finalzinho:

Se alguém é capaz de gargalhar – estou ressaltando: o verbo é gargalhar – diante da imagem de uma mãe que viu seu bebê de seis meses morrer queimado, então eu já não sei mais para quem ou o quê devemos dedicar aquelas poucas lágrimas que não temos vergonha de exibir em público. Temo pelo futuro do teatro, sinceramente. Cresci ouvindo a ameaça de que a tevê e o cinema um dia o destruiriam. Acho que não: o grande inimigo do teatro são aqueles que, impiedosamente, saem de casa noite após noite para pisotear a máscara da tragédia.

Written by Lucas Pretti

janeiro 31, 2009 às 15:31

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: