Cubo Mágico

aqui tinha artes, teatro, cultura digital e crônicas contemporâneas

o tempo em suspenso

with 2 comments

tudo parado, contemplativo, por um segundo

Impossível descrever uma ou várias amizades. Ou amizades coletivas, sentimento de grupo, pertencimento, saudade crônica e o silêncio da comunhão. De novo, como sempre, foi assim em Rio Preto nas minhas já saudosíssimas férias. Não é mesmo pra chorar ao receber uma ligação no caminho com uma antiga e sincera companheira passando o itinerário, a programação dos próximos 5 dias, sendo q eu avisara que iria apenas no dia anterior? Todo mundo me esperando, ansioso, feliz, alterando minimamente a vida para me agradar um pouquinho, me fazer ter bons momentos, e eu sentindo que poderia também fazer aquilo por aquelas pessoas, que alguma coisa nos liga e eu nem sei o que é, e provavelmente palavras não dão conta de comunicar. Isso sim é que é beleza. você perceber, entender e admirar os momentos em que as palavras não dão conta. assim é a arte, assim são os humanos, assim são os amigos. foram cinco dias em suspenso, com circo, música brega, cinema, filosofia, álcool, rebolados, literatura, novos livros, novos autores, antigos preconceitos, novas visões de mundo. ariana, o problema não é deus, são as instituições. mô, sai daí, arruma um parzinho e vai fazer cinema. mateus, continue atraindo, pelo menos é um caminho. durval, uma bosta. jô, pago pau pra vc. aline, por que a gente é assim? se há alguma coisa que resume tudo isso – e necessariamente será uma palavra vazia -, é a inspiração. vcs me inspiram, me nutrem, renovam as ideias, fazem a ponte entre passado e presente, conseguem perturbar com harmonia e intensidade, me fazer acreditar que viver pode ser melhor, e que vale a pena se fuder todo dia para fazer alguma coisa de bom pelo mundo. e que mais um ano viria, e que ele está cheio de possibilidades, como todos os dias. basta a gente chegar, conversar um pouquinho e transformar tudo. q importa se a cor do prédio mudou, se a franja e os cachos cresceram, se está cada um debaixo de um teto diferente, se nada mais é a mesma coisa? o q importa é o que está embaixo, a filosofia em relação às ciências, a essência, a vodca por trás do limão ou do kiwi, nós. como sempre, voltei de lá novo e velho. é a mistura mais importante do mundo.

Anúncios

Written by Lucas Pretti

janeiro 2, 2009 às 13:52

Publicado em Dia-a-dia, Epifania

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Parabéns!!! vc atingiu o máximo da bich…..
    lindo seu texto, vou continuar atraindo!!!
    beijos

    Adivinha quem?

    janeiro 6, 2009 at 21:32

  2. ta adivinhado!
    saudade, pra variar.
    bjos

    Lucas Pretti

    janeiro 8, 2009 at 2:53


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: