Cubo Mágico

aqui tinha artes, teatro, cultura digital e crônicas contemporâneas

O Pânico fudeu o teatro. E o Macunaíma ajudou

leave a comment »

Concordo com o Nando quando ele diz que a culpa pela bandalheira em torno da profissão de ator é dos próprios atores e da famosa “classe teatral” (aliás, o q é isso na prática?). Alguém viu Pânico no último domingo? Com a ajuda da tradicional escola de atores Macunaíma, os caras conseguiram banalizar todo um processo, metodologia, carreira, profissão, proposta artística. E com o Macunaíma macomunado. Puta absurdo.

A história era que o Ceará (Silvio Santos) deveria “treinar” para ser contratado pelo SBT para ser “galã de novela”. No Macunaíma, ele passou pelo que chamaram de “aulas” (uma gritaria, correria, caras e bocas com uma direção bizarra. O “professor” dizia: “Isso, expresse felicidade, a felicidade por estar aqui”). Aí ele teve meia hora para “decorar” uma cena de Nelson Rodrigues e subir no palco, com luz, figurino, cenário, tudo pronto. Ah, me desculpe.

Depois, a tal professora do Macunaíma, Laura, deu entrevista para o Vesgo. Medíocre, ele fez a mesma pergunta idiota de sempre: o beijo é de verdade? Ela disse que não, claro. Ele pediu então para beijar ela “de mentira”. Eles pegaram duas falas quaisquer e se beijaram. E o Vesgo arrancando a blusa da mina.

Depois disso, vc acha que um pai vai deixar a filha fazer teatro? Vão se fuder o pessoal do Pânico e do Macunaíma.

Anúncios

Written by Lucas Pretti

dezembro 11, 2008 às 15:47

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: