Cubo Mágico

aqui tinha artes, teatro, cultura digital e crônicas contemporâneas

Eu organizo o movimento, eu oriento o carnaval

with 3 comments

Alguém acompanhou a “discussão” entre o Caetano Veloso e o Jotabê Medeiros, repórter e crítico de música do Estadão? Já faz um tempinho, mas vale postar aqui porque gera uma puta reflexão sobre o papel da crítica, a eventual arrogância de artistas e o jogo de poder que circunda a cultura deste país.

Resumindo: o Jotabê escreveu esta crítica no Caderno2 sobre o show do Caetano e do Roberto Carlos em comemoração à Bossa Nova (aliás, nenhum deles fez parte do movimento). O Caetano respondeu no blog dele com este post. Bateu mais ainda com este outro post. O Jotabê replicou uma, duas e três vezes. E o Caetano treplicou.

A argumentação de ambos é rica, bem escrita e traz muitos elementos para destruir tanto jornalistas que cobrem cultura quanto artistas que se acham totens. Leia.

Falando em crítica, vale muito a pena ver estes dois textos também:

Yan Michalski – “O declínio da crítica na imprensa brasileira”
aqui

Sérgio Sálvia Coelho – “O crítico pós-dramático: um alfandegário sem fronteiras”
parte 1, parte 2, parte 3, parte 4, parte 5

Aliás, o Sérgio anunciou anteontem que deixou o cargo de crítico de teatro da Folha para voltar a dirigir. O texto que eu brinquei de encenar no FIT 2006, o Uroborus, é dele. No FIT deste ano, ele provou pros loucos do +zero que manja também de futebol. Boa sorte, cara.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

more about “sérgio salvia coelho entra em espiral…“, posted with vodpod

Anúncios

Written by Lucas Pretti

setembro 28, 2008 às 23:56

3 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Até que enfim! Eu tava com saudades dos seus textos!!!!
    Não tinha visto esse bas fond todo, adorei saber e ler – aliás, vir aqui é sempre uma delícia mesmo…
    Ah! Outra coisa: eu procurei e não achei, mas não custa perguntar: vc fez algum post sobre o Hamlet do Wagner Moura ou não? Queria saber o que vc achou…

    beijos!

    Lady Rasta

    outubro 2, 2008 at 2:42

  2. Valeu, Flavia, eu tb tava com saudade disso aqui.

    Eu ainda não vi o Hamlet do Wagner Moura. Na verdade só decidi há pouco tempo que veria, porque acho absurdo cobrar 80 pau numa produção que foi muito financiada, teve subsídio do governo etc. Mas vou em breve e não vou resistir de escrever alguma coisa… hehe.

    Bjos

    Lucas Pretti

    outubro 2, 2008 at 17:01

  3. Lucas

    êeee…eu queria muito saber o que vc achou, porque vc entende disso e eu não – mas sou apaixonada por Shakespeare, vi várias montagens de Hamlet (inclusive do Peter Brook quando esteve aqui há alguns anos atrás) e sinceramente pelo que todo mundo fala, eu esperava mais. Bem mais. Mas enfim, vou esperar sua opinião, é que essa semana o Wagner Moure foi no Roda Viva, vi vc falando de teatro em Berlin e fiquei curiosa.
    beijos

    Lady Rasta

    outubro 2, 2008 at 22:22


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: